Novo

Marketing em tempos de minimalismo

Marketing em tempos de minimalismo

"Minimalismo: para muitos, um vazio; Para poucos, liberdade". É com essa frase de José Ricardo Mendes de Souza que vamos iniciar nosso conteúdo sobre essa tendência que está tomando conta dos comportamentos das pessoas e da forma de se fazer marketing.

Vivemos em uma era de exageros - muita informação, muito consumo, muitas atividades - e essa vontade de ter menos, consumir menos, fazer menos está ganhando força. Você, como empreendedor, tem a opção de lutar contra isso ou encontrar a melhor forma de se adequar ao novo pensamento de seu público-alvo.


O que é o minimalismo


Quem adere a tendência minimalista acredita que ter menos coisas e consumir menos - seja informação ou produtos - é um caminho para uma vida mais feliz e tranquila.

Para entender melhor, recomendamos que você assista ao documentário Mininalism da Netflix, de Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus. Basicamente os minimalistas procuram ter uma casa com menos móveis, ter menos roupas no armário, comprar menos, gastar menos.

Isso se reflete também no visual. Por exemplo, um design minimalista implica no uso de menos elementos, mais espaços em branco, pouca informação para dar destaque ao que de fato importa.

Essa tendência já está sendo muito usada em logomarcas, que usam tipografias mais simples e menos coisas, além dos posts de redes sociais, que já têm cada vez menos texto e elementos gráficos.

O minimalismo é mais aderido por jovens adultos, a partir de 30 anos, que não concordam com o estilo de vida consumista e acelerado. Antes de procurar entender como aplicar esse pensamento na sua empresa, reflita se o seu público está aderindo a esse movimento ou não.


O marketing minimalista


Como já mencionado, o design é o seu principal aliado na hora de transformar sua marca em uma marca minimalista. Pense nos produtos da Apple, por exemplo. Eles são mais clean, com menos botões, menos coisas que irão dificultar o uso. Esse é o princípio do design minimalista.

Nos seus produtos, procure diminuir o número de informações e elementos. A única aplicação pode ser do seu logotipo, por exemplo. Já nos seus posts de redes sociais, procure colocar somente fotos em alguns conteúdos, sem texto.

Já em outros, use uma pequena frase com um fundo de uma cor só. Essas criações minimalistas vão dando a sensação de que sua empresa é mais moderna, pura e simples.

Quando se fala de SMS marketing, por exemplo, procure não bombardear seus clientes com conteúdo o tempo todo. A cada dia, selecione o grupo que irá receber a campanha, se certificando de que a mensagem tem a ver com aquelas pessoas.

E seja objetivo, nada de querer escrever um artigo em um SMS: vá direto ao ponto para garantir que todos entenderão a sua oferta ou novidade.


As pessoas vão comprar menos?


Se o minimalismo vai ganhar ainda mais força e substituir os comportamentos consumistas, não sabemos. O que temos certeza hoje é de que sua empresa deve estar atenta e preparada para essas mudanças de hábitos de consumo - seja de publicidade, produtos ou serviços.

O que resta é você investir mais na qualidade dos seus produtos. Quem compra menos, vai querer comprar melhor para que o produto dure mais, certo? Uma opção é vender produtos com maior valor agregados, melhores materiais, em menor escala.

O importante é estudar mais sobre essa tendência, conhecer mais a fundo o seu público e ver como a sua marca pode se encaixar nesse movimento minimalista.



Crie sua conta

Redes Sociais

Você precisa ler também